Como escrever a postagem perfeita do blog: um guia completo para copiar

Quer aprender como escrever o post perfeito?

Ou simplismente entender como escrever bem para que você possa realizar este sonho de consumo de muitos que pretendem viver de freela para empresas como Rock Content ou Contentools.

Ok, então o que torna este blogpost perfeito?

Ok, vamos lá.

Eu não quero dizer que eu sei como escrever o blogpost perfeito e muito menos dizer  que tudo o que faço no meu blog é perfeito.

Não é, acredite, até porque trabalho com uma equipe que está em processo de aprendizado e entendimento do que é marketing de conteúdo.

Mas como eu tenho blogado por um bom tempo, agora me sinto capaz de aprimorar meus posts olhando o que funcionou e o que não funcionou ao longo dos anos.

É basicamente muita tentativa de acerto e erro.

Hoje, tudo que estou fazendo é compartilhar os elementos, estratégias e ideias que vi fazer uma grande diferença nas coisas que escrevo. Eu espero que você leia algo novo, aplique-o em seu próprio blog e veja uma grande diferença em seus próprios resultados.

Então, este texto é sobre encontrar seu próprio blog perfeito com base no que funcionou para mim.

4 coisas para ter em mente antes de começar

Vamos começar este post falando sobre algumas idéias básicas que você deve ter em mente enquanto escreve suas postagens. Isto é um pouco como as instruções de um voo.

1. Pergunte a si mesmo “escrever para quem?” 

Uma das melhores lições que aprendi como blogueiro é esta:

Devo escrever para atingir as dores e vontades de uma personificação ou um personagem criado na coleta de dados reais e misturados com dados fictícios.

Isso é o que chamamos de persona em marketing de conteúdo.

Então sugiro que antes de começar a escrever, você se sente e pense um pouco sobre este assunto e defina quem será a sua persona.

Acredite, esse primeiro passo faz toda diferença na estratégia e no sentido do que o seu blog terá no futuro.

2. Mais é mais

Os próximos itens vão realmente irritar algumas pessoas – a ideia de que mais é mais é algo que todos nós fomos treinados para não acreditar.

Mas, pelo menos no blog, os posts mais longos (quantidade de palavras acima de 2 mil) geram um maior valor de entrega de conteúdo. Isso também conta para as páginas de destino que estão vendendo um produto ou serviço.

Claro, ninguém vai ler 5.000 palavras de lixo. Mas na minha experiência, se você pode escrever um post muito longo, é mais provável que você prenda a atenção de alguém ao associar instantaneamente o comprimento ou o número de itens compilados como sendo de alto valor.

Como sempre, teste você mesmo. Mas no Blog da Carratu eu raramente publico posts com menos de 1.500 palavras.

3. A aparência parece ser tão importante quanto o que você diz

Quando estou redigindo meus posts (sempre faço isso no WordPress), estou constantemente fazendo “preview” para ver como a postagem está ficando, pelo ponto de vista do layout que estou criando com textos e imagens.

Muitos escritores por aí vão odiar essa dica, mas é o jeito que eu faço.

Mas quanto mais eu continuo, e quanto mais consciente de meus hábitos de leitura de blogs, mais percebo o quanto é importante que o layout seja atraente, simples e fácil de ler.

Isso significa ter certeza de que você tem:

  • Um bom tamanho de letra
    Tenha certeza de que sua fonte é fácil de ler e corresponde à sua identidade visual da marca.
  • Imagens de qualidade
    Desenhe ou use fotos e imagens de alta qualidade (mas com carregamento rápido) que agregam valor ao post e puxam o olho para baixo.
  • Pequenos parágrafos
    Certifique-se de não usar linhas e linhas de texto. As pessoas dão preferencia a parágrafos curtos.
  • Texto em negrito e bullets
    Sempre que você pode quebrar o texto com uma explosão de negrito ou marcadores, você deve fazê-lo.
  • Uma largura de conteúdo estreita
    Não faça as pessoas lerem o seu texto ao longo de uma longa fila. Você quer que sua área de conteúdo seja mais estreita do que o tamanho da tela, algo em torno de 950 pixels (a do blog da Carratu é 900) porque os olhos cansados ​​se perderão no correr das linhas.

A razão pela qual eu digo que essas coisas importam tanto quanto o que o post realmente diz é porque eu acredito firmemente que muitas pessoas simplesmente não vão ler um texto brilhante em um blog super-feio.

Mas lembre-se, tudo isso é a minha opinião sobre o assunto e não existe nada que comprove isso.

4. Cada headline deve abordar um único problema evergreen

Algo recorrente no marketing de conteúdo é a ideia de “desmembrar” as postagens do seu blog e focar apenas em um tópico menor.

Ao longo dos anos, notei que os artigos que focam um problema, e desmembram o conteúdo, usam estratégias de conteúdo evergreen.

Para quem não sabe, o conteúdo evergreen é aquele texto que está sempre atual, mesmo que tenha sido produzido há um bom tempo. É por isso que ele tem esse nome, que em tradução livre podemos chamar de “sempre verde”.

De qualquer forma, desmembrar em intertítulos as entregas daquele conteúdo a ser escrito, são fundamentais.

Um guia para escrever o blog perfeito

Ok, então, com todas essas coisas em mente, aqui está a maneira como escrevo meu blog perfeito. Espero que estas etapas possam sejam úteis para você também.

  1. Gere sua ideia 
    A ideia deve ser diferenciada das demais do mercado. Tente basear o post no feedback que a sua persona está precisando.
    Também pesquise na primeira página do Google e veja o que os seus concorrentes estão fazendo e como você pode melhorar o que está por aí. Se você não puder, não se incomode.
  2. Desenvolver um título atraente
    O grande problema do título é não entregar o conteúdo que você está se matando para escrever em poucas palavras. Faça ele ser provocativo e deixe que a curiosidade do leitor possa gerar o clique.
    Mantenha menos de 65 caracteres sempre e se certifique de que a palavra-chave do SEO desta postagem está no título.
  3. Escrever introdução
    As primeiras linhas do post devem abordar o problema da persona, para que haja uma identificação rápida sobre o seu texto. O resto da introdução, você deve dizer às pessoas o que você vai resolver naquele post, e o que elas aprenderão, etc.
  4. Liste os principais pontos
    Reveja seus principais pontos do post para que você veja de forma clara o artigo e o que você vai entregar. Isso ajuda a evitar duplicações e omissões.
  5. Escreva uma base de 2.000 a 2.500 palavras
    Eu tenho uma pequena regra pessoal de que, se eu não estiver atingindo pelo menos 2.000 palavras, não estou cobrindo o tópico com profundidade suficiente . Eu escrevo meus pontos principais para pelo menos 2.000 palavras abordando a palavra-chave principal.
  6. Adicionar material bônus
    Neste ponto, adicionarei parágrafos extras, dicas, citações, vídeos, fotos, referências, etc. Para levar o conteúdo principal ao próximo nível. Isso pode levar o artigo a mais 1.500 a 2.500 palavras. Tente linkar para influenciadores que escreveram extensivamente ou sobre o mesmo assunto. Certifique-se de vincular seus próprios posts extensivamente.
  7. Não termine um tópico concluindo o texto.
    Não conclua completamente o tópico. Deixe espaço para discussão. Faça uma pergunta no final do artigo para incentivar a discussão.
  8. Selecione a foto principal
    Passo muito tempo procurando uma boa foto ou editando imagens que pego no Freepik . Eu quero que seja algo bem produzido e que traga uma certa curiosidade ao apresentar a imagem. Eu uso um smusher sem perdas para manter o tamanho baixo, mas a qualidade alta, e sempre me certificar de que eles são do mesmo tamanho e formato.
  9. Publique em um horário de pico
    Faça uma leitura rápida para ortografia e formatação, mas não perca muito tempo. O hit é publicado em um horário de pico . Estas informações você conseguirá com o Google Analytics, caso tenha ele instalado em seu blog.

Ok, então essa é a principal fórmula que eu sigo toda vez que me sento para escrever. É claro que, às vezes, isso varia de acordo com o tópico ou a estratégia que estou seguindo, mas na maioria das vezes é assim que acontece.

Como garantir que seu post perfeito obtenha resultados

Uma vez que você escreveu o seu post, há algumas coisas que você vai querer cuidar.

1. Envie um e-mail para as pessoas incluídas

Se eu conheço bem as pessoas, vou enviar um e-mail para eles e informá-los de que incluí no blog uma postagem super interessante. Eu normalmente não peço a eles para compartilhar porque eu não gosto de colocar pressão, eu apenas os deixo saber que isso me deixa feliz. Se o seu artigo é bom o suficiente, então nem se preocupe em pedir nada.

2. Envie sua lista

Eu sempre envio minha lista para que eles saibam que uma nova postagem foi publicada. Eu os envio nos horários de pico quando a maioria das pessoas estão online e eu sigo um modelo muito simples de texto com um link para o post.
Esses e-mails são uma ótima maneira de testar seus textos redatores de forma curta, que visam fazer com que as pessoas abram e-mails e cliquem nos links semana após semana.

3. Teste regularmente

O blog perfeito só será revelado através de testes. Você pode ser um vencedor e se tornar viral e nunca conseguir repetir esse sucesso, porque você não tem certeza do que fez isso acontecer. Dividir os títulos de teste, formatos, duração, tempo e etc.
São coisas muito valiosas para fazer.

Exemplos de alguns posts perfeitos

Não seria certo terminar este post sem mostrar alguns dos posts mais perfeitos do blog que eu vi lá fora na natureza.

  1. Quem faz a diferença no Nordeste
  2. Como melhorar seu posicionamento no Google
  3. Qual o valor devo investir em mídias pagas na internet

Você tem um post perfeito?

Você já escreveu um post de blog que se tornou viral ou trouxe um monte de resultados incríveis? Eu gostaria muito de ouvir sobre isso. Por favor compartilhe por email comigo – ubirajara.carratu@carratu.com.br